11 de Setembro – 10 Anos de Farsa

 

11 de setembro – a data que o mundo não consegue esquecer. Durante uma década, essas imagens foram reprisadas de diversas maneiras. Noticiários, shows, filmes, desenhos, documentários e todo o tipo de mídia tiraram uma “lasquinha” do atentado em 2001 para vender, chocar, chamar atenção e, também, manter as pessoas dentro de um estilo de pensamento. Muitas teorias de conspiração foram trazidas à tona pouco depois dos ataques, alguns argumentos foram convincentes, e alguns não dando conta de tudo. Teóricos acreditam que os edifícios do World Trade Center foram demolidos por bombas, chamadas de telefone dos aviões foram “inventadas”, e o ex-presidente George W. Bush secretamente lucrou com os ataques. Se você acompanha este site há muito tempo, já deve ter assistido algum dos vídeos da série 11 de Setembro – A Maior Mentira e se espantado com a quantidade de informações que nos levam crer em muitas coisas que a televisão e os jornais não nos contaram a respeito daquele dia. Abaixo, compilamos alguns dos incidentes mais curiosos.



1. Os acionistas sabiam dos ataques antes de eles acontecerem


Bem antes dos ataques de 11 de setembro, algum negócio suspeito aconteceu dentro do mercado de ações e empresas de seguros. Uma quantidade “extraordinária” de opções de venda foram colocadas nas ações da United Airlines e da American Airlines, as mesmas companhias aéreas que foram seqüestrados durante os ataques. Muitos especulam que os comerciantes foram alertados sobre os ataques, e lucraram com a tragédia. A Securities and Exchange Commission iniciou uma investigação interna no qual Osama Bin Laden era um suspeito depois de receber informações de pelo menos uma empresa de Wall Street.

2. Defesa Aérea foi mandada permanecer em terra


No evento em que um avião fosse seqüestrado, o norte-americano Comando de Defesa Aeroespacial (NORAD) estaria preparado para enviar aviões de combate que pode debilitar ou derrubar um avião. Em 9/11/01, os generais de NORAD disseram que souberam do seqüestro a tempo de mandar caças. Alguns céticos acreditam que NORAD ordenou sistemas de defesa para permancer em terra, por causa de sua falta de presença durante os ataques.

3. Aviões não derrubaram as Torres Gêmeas, bombas sim


O colapso do World Trade Center pareceu semelhante a uma demolição controlada. Muitos especulam que as torres foram derrubadas na verdade com explosivos colocados em locais selecionados. Algumas testemunhas representaram ouvir explosões dentro do edifício quando tentavam escapar. Muitos arquitetos e até mesmo cientistas afirmam que combustível de aviões não podem produzir calor suficiente para derreter a estrutura de aço dos dois edifícios que desabou em seqüência, como se todo o edifício foi puxado, um processo de demolição normal quando destruindo um arranha-céu intencionalmente. Ainda, bombeiros afirmam ter encontrado poças de aço derretido na base das torres. O que derreteu aquele aço? Sabe-se que para derrubar um torre daquela é necessário entrar na estrutura da base.

4. O ataque do Pentágono não se sustenta cientificamente


O acidente do Pentágono pode ser o evento mais intrigante do dia. Os teóricos afirmam que os buracos do impacto no Pentágono eram muito menores de que de um avião comercial da American Airlines. Eles também questionam por que o avião não foi abatido antes do impacto.

5. Vôo 93 foi completamente encenado


O quarto avião seqüestrado, o vôo 93 caiu em Shanksville, Pensilvânia. Acredita-se que os passageiros lutaram e derrubaram o avião em um campo. Os céticos acreditam que o vôo 93 aterrissou em segurança, enquanto um avião substituto foi tirado fora do céu. Outros teóricos acreditam que os passageiros foram assassinados ou realocados, e nunca serão encontrados.

6. Sequestradores estão vivos. Como fizeram para seus passaportes saíssem intactos?


Após os ataques 11 de setembro, o documentário “Loose Change” afirmou que todos os seqüestradores estavam de fato vivos em outros países. Pode ser um pouco presunçoso, pois é possível que duas pessoas diferentes tenha nomes idênticos. Mas eles fizeram um bom ponto de se pensar: como é que os passaportes dos terroristas sobreviveriam à explosão? No rescaldo dos ataques, passaportes e identificação foram encontrados como evidência. Muitos céticos perguntam como a identificação feita de papel sobreviveu e explosão, que destruiu prédios.

7. Chamadas de telefone celular feitas de avião foram falsificadas


Chamadas de vôo foram feitas de telefones celulares em aviões sequestrados. Os cientistas e os céticos afirmam que os telefones celulares não poderiam receber a recepção na altitude em que os aviões voam normalmente. Outros céticos questionaram um telefonema de um marido para sua esposa, no qual ele se referiu a si mesmo pelo seu próprio nome e sobrenome.

8. Todo o povo judeu não foi trabalhar em 11 de setembro


Teóricos perceberam que 4.000 funcionários judeus não foram trabalhar em 11 Setembro de 2001. Algumas das primeiras pessoas a gravar os ataques em câmera também eram judeus. Muitos se tornaram suspeitos de suas ações e foram postos no radar como suspeitas na esteira do ataque.

9. As caixas-pretas encontradas pela tripulação de busca são mantidas em sigilo


Nas semanas após os ataques, as caixas-pretas foram um dos itens mais importantes para se encontrar. Elas foram a única prova sobre o que aconteceu dentro do cockpit do avião. Três das quatro caixas-pretas foram encontradas, e apenas uma estava em estado bastante boa de se ouvir. A fita não foi lançada, mas foi compartilhada com as famílias em 2002. Os céticos acreditam que as fitas não foram divulgadas, a fim de apoiar o esquema secreto.

10. O Tapes de Bin Laden são falsos


Inicialmente, Bid Osama Laden negou qualquer responsabilidade ou envolvimento com os ataques. Logo depois, fitas saíram alegando que ele assumiu a responsabilidade total sobre os ataques. Muitos céticos acreditam que Bin Laden foi alvo por causa de suas participações nas bolsas, bem como empreendimentos de ex-presidente George W. Bush negócios pessoais no Oriente Médio. Uma análise do vídeo em que Bin Laden assumiria os atentados mostra que utilizaram um sósia para gravar o vídeo.

Conclusão


Com a chegada dos 10 anos após os ataques no 11 de setembro, os noticiários não perderam tempo em produzir documentários celebrando esse acontecimento (que para eles é uma data comemorativa), na tentativa de fazer lucro uma vez mais e ainda certificar-se que as massas estão sobre controle mental. Muitos ainda não estão cientes que o 11 de setembro foi uma conspiração. Isso se dá porque a mídia televisa não abre espaço para esse tipo de informação. As “teorias conpiratórias” do 11 de setembro reuniram documentos, entrevistas, opiniões de especialistas e não deixaram dúvidas de que tudo foi uma farsa. Essas informações são escondidas do público geral e ao invés, doses de desinformações são embutidas nesses documentários “comemorativos” para sustentar o que havia sido disseminado. Eles nunca deixarão que essas teorias deixem de ser teorias, mas pelo menos seus próximos planos terão que ser mais elaborados, pois mesmo que não conseguimos provar alguma coisa, hoje nós temos conhecimento.

Esse post foi publicado em 09/11. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s