Show de Madonna no Superbowl : Uma Celebração da Grande Sacerdotisa da Indústria Musical




Quando eu soube que Madonna – também conhecida como o Grande Sacerdotisa da indústria da música – íria apresentar um show no intervalo do Superbowl, eu pensei: “Isso deve ser interessante”. E foi. Enquanto a maioria ficaram surpreendidos por uma mulher de cinquenta dançando com LMFAO e outros estavam irritados com seu ‘playback’, fiquei espantado por outra coisa: a enxurrada de simbolismo piscando para bilhões de telespectadores em todo o mundo. Enquanto a maioria viu o desempenho de Madonna como um interlúdio divertido do jogo de futebol mais importante do ano, aqueles alfabetizados em simbologia provavelmente irão concordar: o show de Madonna foi uma grande festa da indústria Illuminati e sua Grande Sacerdotisa , Madonna.

Uma semana antes do Superbowl, Madonna descreveu no Anderson Cooper a importância espiritual que ela atribuiu a seu show:

“O Superbowl é como o Santo dos Santos nos Estados Unidos. Eu vou fazer meio uma “experiência na igreja” e eu vou ter que fazer um sermão. Ele vai ter que ser muito impactante. “

É bastante interessante como essa iniciada em Kaballah refere ao Superbowl o “Santo dos Santos”, assim como era o nome do lugar mais sagrado do Templo de Salomão. Ninguém jamais foi permitido no Santo dos Santos, mas apenas o Sumo Sacerdote e só no Dia da Expiação – para oferecer o sangue do sacrifício e incenso diante do propiciatório. A analogia de Madonna foi, portanto, bastante reveladora do plano por trás de sua apresentação. Vejamos os principais trechos de seu show.

Vogue ou Entrada da Sacerdotisa

A entrada de Madonna é um procissão elaborada cabível a uma Alta Sacerdotisa ou mesmo uma deusa.

Empurrada por centenas de soldados romanos e recebida por centenas de mulheres,
a entrada gloriosa de Madonna é um reflexo de seu status no mundo do entretenimento.

Sua primeira performance é altamente influenciada pelo antigo Egito, Suméria, Babilônia e seu figurino  lembra uma deusa babilônica antiga.

A decoração da primeira apresentação de Madonna combina com elementos do antigo Egito, 
Suméria e Babilônia. Madonna se veste de uma forma que muito se assemelha a uma antiga 
deusa Suméria / Babilônica, Inana-Ishtar.

Ishtar com o pé sobre um leão que ruge e vestindo um cocar distintivo que lembra 
a usada por Madonna. Ishtar é muitas vezes representado com asas, uma 
característica que é relembrada em “Carriage” de Madonna.

Ishtar era uma deusa poderosa e agressiva, cujas áreas de controle e influência incluia a guerra, amor, sexualidade, prosperidade, fertilidade e prostituição. Ela procurava a mesma existência que os homens, curtindo a glória da batalha e procurava experiências sexuais. Madonna como Ishtar é, portanto, bastante interessante, pode-se argumentar que a cantora pop incorporou, ao longo de sua carreira, as mesmas qualidades assertivas ainda altamente sexuais de Ishtar, até alcançar um estado de poder na indústria da música que geralmente é reservado aos homens. Em um nível esotérico, Ishtar é associada com o planeta Vênus, conhecido como a Estrela da Manhã ou a Estrela da Tarde – um nome atribuído também a Lúcifer em escolas de ocultismo.
A presença de duas esfinges na frente de Madonna lembra muito o cartão de tarô The ChariotDe acordo com Manly P. Hall: “Esta carta significa o Excelso que cavalga na carruagem da criação. As esfinges de desenho do carro ressentem o poder secreto edesconhecido pelo qual o governante vitorioso é movido continuamente através dasvárias partes de seu universo.


Assim, neste cenário mitologicamente carregado, Madonna apresentou Vogue. Durante a apresentação, vimos dançarinos nas capas da Vogue, uma revista que está na vanguarda dos simbolismos Illuminati na moda.

Vogue termina com um símbolo que é consistente com o tema egípcio-babilônico daperformance. É também de grande importância no ocultismo  de sociedades secretas como os maçons, o rosa-cruzes e os Illuminati: o disco solar alado.

 A canção termina com a exibição do símbolo do disco solar alado.

Místicos egípcios usavam o sol com asas para magia ritualística e invocações:

” Emblemático do elemento ar, o qual consiste de um círculo ou disco do tipo solar delimitado por um par de asas. No ritual de magia é suspenso sobre o altar em direção leste e usado quando invocando a proteção e cooperação dos silfos. “
-Hope, Murry, Prático egípcio Magia

O sol com asas ainda é bastante usado hoje por grupos como os maçons, os teosofistas e os rosacruzes.

“O Globo Alado é pré-eminentemente um símbolo Rosacruz, embora os Illuminati possam reivindicá-lo, e pode-se admitir que é de origem egípcia. O Globo Alado é o símbolo da alma perfeita fazendo seu vôo de volta para a fonte de sua criação nos campos Elísios além. “
-Swinburne, Clymer, Os Seus ensinamentos Rosacruzes

O símbolo do sol-alado dentro de uma loja maçônica.

A exibição desse símbolo, embora aparentemente trivial e estético, enfatiza a dimensão espiritual ocultista subjacente da performance inteira de Madonna.


Give Me All Your Luvin’ ou os Sex-kittens de Madonna

Mais tarde no show, Madonna apresentou seu novo single Give Me All Your Luvin ‘. A canção apresenta duas favoritas novas na indústria: Nikki Minaj e MIA. No vídeo da música e durante a performance no Superbowl, o que caracterizou essas duas rappers foi retratado de uma maneira específica: em vez de serem apresentadas como artistas de pleno direito contribuindo para a canção de Madonna, os papéis que são dados  as duas as tornam quase que “subalternas” de Madonna, que estão apenas torcendo pela Sacerdotisa da indústria. Essa “relação”, onde Madonna está no poder – e, portanto, a manipuladora – está encharcada de simbolismo de Controle Mental, especificamente os da programação Beta, também conhecida por Programação Sex-Kitten.

 No vídeo ‘Give me All Your Luvin ‘, Madonna, Nikki Minaj e MIA estão vestidas
como Marilyn Monroe, o protótipo principal da programação Sex -Kitten.

Outro símbolo associado com programação Sex Kitten é a roupa com estampas felinas e têxteis. O show  inteiro foi uma extravagância de estampas de animal.

‘Like a Prayer’ ou o Sermão da Despedida

Madonna fechou o show do intervalo com um de seus maiores sucessos: ‘Like a Prayer’. O vídeo desta canção sempre foi controverso devido à sua mistura de temas religiosos com a sexualidade. Quando a música começa, o show tem um tom muito solene e espiritual, enquanto Madonna e Cee-Lo Green entram para dar o sermão final. Figuras religiosas ficam geralmente vestidas de branco para representar pureza e santidade. Os dois cantores vestiram túnicas pretas e túnicas pretas são geralmente usadas ​​… missas ocultas.

Quando a música começa, a pupila de umgrande olho é exibida, 
sugerindo a influência dos Illuminati, nessa performance espiritual.

O show de Madonna  também termina com uma questão bastante simbólica:

No final de sua performance, o chão se abre debaixo dos pés de Madonna e ela desaparece.

Enquanto Madonna é tragada a o que parece ser o “Sub-mundo”, ela canta “Eu ouço você chamar meu nome e me sinto em casa”. Essa é uma outra inversão do simbolismo religioso convencional visto que “casa” deveria ser nos céus. No caso de Madonna, ela obviamente não foi a essa direção.

O show termina com uma mensagem que ninguém pode discordar.

As palavras “Paz Mundial” aparecem no palco, um slogan amigável usado por aqueles 
que defendem uma Nova Ordem Mundial, que será liderada por um governo mundial.
 

Conclusão

Quando considerados individualmente, os símbolos descritos acima podem ser simplesmente considerados como “legais” e a maioria dos espectadores do Superbowl não atribuiu muita atenção a eles. A inclusão de todos esses sinais e símbolos em uma apresentação abrangente de 13 minutos não pode ser descartada como “imagens aleatórias”. Muito pelo contrário, todos eles apontam para uma agenda específica subjacente, que é coerente em toda a indústria da música. O abraço de Madonna ao simbolismo Illuminati discutido neste site coincide com o seu contrato com a Interscope Records, uma das principais fornecedoras de simbolismo Illuminati na indústria da música. Sua apresentação no Superbowl pode ser considerada como o “lançamento” de seu contrato de três álbums e sua relação (de 40 milhões de dólares) com a gravadora. A apresentação de Madonna no Superbowl mostrou que, apesar do fato de que ela é um ícone da indústria, ela ainda precisa se encaixar no molde e abraçar os mesmos simbolismos das estrelas pop menores.

Atada com imagens profundas, a performance de Madonna  foi, na verdade, um ritual Illuminati maciço, que foi testemunhado por milhares de milhões de telespectadores. Neste “Dia da Expiação” do Superbowl, Madonna, a Alta Sacerdotisa da indústria Illuminati, entrou no Santo dos Santos da América e fez um sermão de 13 minutos que foi ouvido por todos e entendido por poucos.
Esse post foi publicado em Artistas Illuminatis. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s