Chip em árvore é nova arma contra desmatamento – Controle Total 666


Árvore ganha chip como medida de combate ao desmatamento (Foto: Guilherme Filho/Secom-MT)

Com o objetivo de combater a exploração ilegal de madeira, o Instituto Web Florestal Planet (IWF) desenvolveu um sistema para que as árvores tenham monitoramento e rastreamento eletrônico.

O IWF, instituto focado em soluções ambientais, testa o programa, em um projeto-piloto, em cem hectares de propriedade da Fundação Educacional Buriti, na região da Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso. O IWF tem sede em Brasília e representações na Inglaterra e Hong Kong.

Os chips nas árvores possibilitam a gravação de coordenadas e informações como nome, altura, diâmetro, volumetria, serraria de destino, entre outros elementos necessários para o monitoramento e rastreamento.

“Tradicionalmente, o sistema de manejo se dá por meio de plaquinhas de alumínio. Agora, elas começam a ser substituídas por chips, que impedem a manipulação de dados”, diz Paulo Borges, engenheiro florestal da IWF.

Verificação:
Técnicos registram informações da árvore (Foto: Guilherme Filho/ Secom-MT)

Segundo Borges, o projeto de manejo por meio de plaquinhas apresenta fragilidade e com os chips passará a ser auditado. “Com a instalação deles, não será possível alterar dados, pois o chip trará informações específicas de cada árvore, com altura, diâmetro, nome popular, nome científico e localização”, diz.

De acordo com Roberto Bucar, presidente do IWF no Brasil, o chip permite verificar se as árvores abatidas foram realmente enviadas às indústrias madeireiras que fazem parte do projeto de manejo. Caso a árvore saia da rota de destino final, o sistema notificará que ela foi levada para um destino diferente do previsto.

Para garantir segurança e confiabilidade no sistema, todo operador responsável pela coleta de dados deve ser identificado. Cada um terá uma senha (nome, RG e CPF) para fazer as leituras.

Segundo Borges, o chip é implantado não somente em árvores comercias, que são aquelas que possuem um diâmetro a partir de 142 centímetros. “As árvores que têm entre 90 e 141 centímetros também são chipadas e observadas para avaliar a capacidade de exploração futura”, afirma o engenheiro florestal.

Ainda de acordo com Borges, 10% das árvores comerciais são deixadas na floresta. Chamadas de porta-sementes, elas permanecem na área porque apresentam capacidade de reprodução e manutenção da espécie.

“Implantamos cerca de 1.000 chips nesta área de cem hectares. A intenção é ampliar o projeto para todo o estado de Mato Grosso, que sofre muito com ações de desmatamento. Posteriormente, queremos levar o projeto aos estados que compõem a Amazônia Legal”, diz Borges.


COMENTÁRIO DE IVAN ALPHOLYTHE


“Quando andarem dizendo: paz e segurança, eis que lhes sobrevirá repentina destruição, como vem a dor de parto à que está para dar a luz; e de nenhum modo escaparão.” (1 Aos Tessalonicenses 5:3).

Em outras versões na parte em vermelho, lê-se: “não poderão fugir para lugar algum, não haverá onde se esconder”. Após analisar bem este texto Bíblico, fico a imaginar a cena em meio ao cumprimento desta profecia, durante a Grande Tribulação. Até mesmo as florestas estão sendo monitoradas, sobre a bandeira da proteção contra desmatamento, mas futuramente servirá para localizar quem estiver fugindo do maldito sistema mundial satânico implantado. É claro, que muitos, que não partirem com a Igreja de Nosso Senhor e Salvador JESUS CRISTO, mas que conhecem esta profecia, tentarão se refugiar nas florestas, mas sem sucesso. Afinal, já existem forças estrangeiras n Amazônia, para acelerar este futuro acontecimento!!!

Fontes:
http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL584185-5598,00-CHIP+EM+ARVORE+E+NOVA+ARMA+CONTRA+DESMATAMENTO.html
 

Esse post foi publicado em illuminatis no Controle do Mundo. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s