Israel e EUA voltam a preparar ataque contra Irã


Jornal israelense divulga apoio de Obama e Romney a plano de guerra


Israel e EUA voltam a preparar ataque contra IrãIsrael e EUA voltam a preparar ataque contra Irã
O jornal israelense Haaretz afirmou que o conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, Tom Donilon, teria apresentado ao primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, os planos de ataque dos EUA ao Irã durante sua visita a Israel no início deste mês.
A principal autoridade de segurança norte-americana reassegurou ao seu aliado histórico que Washington está preparado para agir militarmente se a diplomacia e as sanções atuais não deram o resultado esperado.
O governo iraniano não abandonou seu programa de enriquecimento de urânio e, por isso, os países que se opõe a ele estão buscando outras maneiras de agir daqui para diante.
Uma autoridade não identificada dos EUA deu essa informação ao jornal no mesmo dia que candidato republicano à presidência, Mitt Romney, visitou Israel e afirmou que “Jerusalém é a capital de Israel” e que apoiaria um possível ataque militar do Estado judeu contra o Irã.
A fonte anônima também disse que Donilon expôs, em nome do governo de Obama, as armas dos EUA que poderiam ser usadas nesse ataque e a habilidade do Exército americano de alcançar as instalações nucleares iranianas subterrâneas. O jornal também citou outro oficial envolvido nas negociações com Israel, mas ele acredita que “o momento para uma operação militar contra o Irã ainda não chegou”.
As autoridades israelenses negaram. “Nada nesse artigo está correto. Donilon não jantou com o premiê, não manteve com ele um encontro bilateral nem apresentou planos operacionais de ataque ao Irã”. Mas segundo o Haaretz, outras autoridades israelenses participaram de parte do jantar onde teria ocorrido o encontro.
A embaixada dos EUA em Israel não fez nenhum comentário sobre o assunto e o periódico afirma ainda que Tommy Vietor, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos EUA, rejeitou comentar sobre o encontro e a conversa confidencial de Netanyahu e Donilon.
Israel e os EUA são aliados há muito tempo e ambos dizem que o objetivo final do Irã é produzir armas nucleares, e não apenas produzir energia e isópotos médicos, como Teerã sempre afirmou.
Autoridades americanas temem um ataque de Israel contra as instalações atômicas do Irã de maneira prematura e têm mostrado aos líderes israelenses que Washington ajudará a evitar que o Irã se torne uma potência nuclear.
Traduzido de 3news
Esse post foi publicado em 3ª Guerra Mundial. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s