Ocultismo no brasão da Republica Brasileira



Brasão da republica

Amados muitos ja viram, mais poucos conhecem o verdadeiro significado do brasão da republica brasileira, nesse artigo vou procurar revelar ao máximo possível a incrível coincidência dos elementos que compões o brasão da republica, com os elementos ocultos e seus significados… 

A partir de agora faremos uma analise desse simbolo e começaremos com essa imagem:

Essa imagem abaixo mostra que o brasão da republica Brasileira contém um pentagrama que curiosamente é o mesmo usado no SATANISMO  e em religiões pagãs…


Esse simbolo acima dentro do satanismo representa BAPHOMET.
Não existe concenso quanto a etmologia da palavra “Baphomet”. Segundo o arqueólogo austríaco Joseph von Hammer-Purgstall, um não simpatizante do ideal templário e que em 1816 escrevera um tratado intitulado Mysterium Baphometis Revelatum, sobre os alegados mistérios dos Cavaleiros e do Baphomet, a expressão proviria da união de dois vocábulos gregos, “Baphe” e “Metis”, significando “Batismo de Sabedoria”. A partir desta conjectura, Von Hammer especula a respeito da possibilidade da existência de rituais de iniciação, onde haveria a admissão aos mistérios e aos segredos cultuados pela Ordem do Templo.
A origem da palavra Baphomet ficou perdida, e muitas especulações podem ser feitas, desde uma composição do nome de três deuses: Baph, que seria ligado ao deus Baal; Pho, que derivaria do deus Moloch; e Met, advindo de um deus dos egípcios, Set. Outra teoria nos leva a uma corruptela deMuhammad (Maomé – o nome do profeta do Islã), até Baph+Metis do grego “Batismo de Sabedoria”.
A palavra “Baphomet” em hebraico é como segue: Beth-Pe-Vav-Mem-Taf. Aplicando-se a cifra Atbash (método de codificação usado pelos Cabalistasjudeus), obtém-se Shin-Vav-Pe-Yod-Aleph, que soletra-se Sophia, palavra grega para “sabedoria”.
Todavia ainda existem fontes que afirmam uma outra origem do termo. Segundo alguns, o nome veio da expressão grega Baph-Metra( mãe-Metra ou Meter-submersa; Baph-em sangue. Ou seja, a Mãe de sangue, ou a Mãe sinistra). Grande parte dos historiadores que afirmam essa versão se baseiam no fato que o culto à cabeça está relacionada com conjurações de entidades femininas.
Teorizou-se simbolicamente que o Baphomet é fálico, haja vista que em uma de suas míticas representações há a presença literal do falo devidamente inserido em um vaso (símbolo claro da vulva).
Há também quem tenha inclusive ventilado que a figura do Baphomet estava relacionada com as virgens que apresentavam anomalias em seus bustos. E que as virgens de 3 mamilos e as virgens de apenas 1 seio eram tatuadas com a cabeça do Baphomet para que nenhum homem pudesse tocá-las. Diziam que as mulheres com tais anomalias genéticas eram amaldiçoadas.



Espada Maçônica



Trecho retirado do site revista universo maçônico
“A espada, na Maçonaria, é a arma da vigilância com a qual o maçom defende a Ordem; representa o poder e a autoridade dirigidos com justiça e equilíbrio. Empunhada com a mão direita, representa uma arma: a Ação Física; a Proteção dos Segredos e dos Princípios da Tradição Maçônica; a Vingança que se abate sobre o traidor e a Consciência que atormenta o perjuro; o compromisso de manter o sigilo, de vencer as paixões que o mundo apresenta entre suas ilusões (as quais o Tempo, inexorável Guardião da Eternidade, consome). Apesar disso, o ato litúrgico que envolve o uso de espadas na Maçonaria não está ligado à magia ritual primitiva, ainda que os antigos magos empunhassem numa mão uma vara e na outra uma espada. Tão pouco se prende exclusivamente ao sentido guerreiro ou militar! O uso da espada está relacionado a efeitos geomânticos uma vez que todo ritual interfere em correntes de energia.
Esta é uma breve explicação sob dois pontos de nossas sessões, lembre-se de que cada vez que praticamos um ato dentro de loja as suas consequências se refletem em cada um dos IIr.’., pois a energia que exalamos é distribuída aos IIr.’. e com eles compartilhada.
Que o G.’.A.’.D.’.U.’. possa sempre nos iluminar e energizar os nossos pensamentos para que possamos sempre trilhar o caminho da verdade, justiça do amor fraternal e nos basear na liberdade, igualdade e fraternidade para que os nossos pensamentos sejam justos e as nossas ações perfeitas caminhando pela régua e se guiando pela esquadria.”

Ramos de Acácia e ramos de Oliveira

No brasão da republica Brasileira segundo pesquisas que realizei, é usado uma coroa de ramos de café um florescido e o outro não, porem a parte que chama a atenção é que na maçonaria é usado tanto a acácia quanto o ramo de oliveira, veja na imagem acima de uma loja brasileira contém em seu brasão o ramo de acácia. A semelhança com o brasão Brasileiro é incrível pois existem muitas características da maçonaria inseridas nos símbolos desse pais. Mais afinal o que significa a acácia e a oliveira na maçonaria? 
Acácia:  planta símbolo por excelência da Maçonaria; representa a segurança, a clareza, e também a inocência ou pureza. A Acácia foi tida na antiguidade, entre os hebreus, como árvore sagrada e daí sua conservação como símbolo maçônico. Os antigos costumavam simbolizar a virtude e outras qualidades da alma com diversas plantas. A Acácia é inicialmente um símbolo da verdadeira Iniciação para uma nova vida, a ressurreição para uma vida futura. Acácia (do grego Akakia, árvore que significa a inocência) representa a inocência ou pureza, a segurança e a certeza. Foi um ramo de acácia que os companheiros de Hiram Abiff encontraram no seu túmulo improvisado. Corresponde à murta de Elêusis, ao visco dos Druidas e ao buxo dos Cristãos. A Acácia á a árvore da vida. Suas flores cegam, suas sementes matam, as suas raízes curam. A semente é o veneno; a raiz o antídoto.

Oliveira: símbolo da vida e da prosperidade na paz vitoriosa.


Publicado em Ocultismo, Simbologia Ocultista | Deixe um comentário

O PROGRAMA DE TELEVISÃO MAIS PERIGOSO DA HISTÓRIA (ALTERNATIVA 3 E 2012)


Em 20 de junho de 1977 ,a rede de televisão inglesa Anglia transmitiu um documentário denominado ALTERNATIVA 3. O programa apresentado como parte de uma série regular chamada Science Report [Relatório Cientifico], começou anunciando que sua intenção original seria transmitir um show diferente mas algo saiu errado. A finalidade inicial era realizar um documentário sobre o fato de que grandes cientistas britânicos estariam deixando o país ,atendendo a propostas para ganhar melhores salários e condições de trabalho.Porém ,ao longo das investigações para o show,a equipe da emissora teria descoberto que muitos cientistas não estavam deixando o país ,mas sim desaparecendo da face da Terra.

Esses supostos desaparecimentos levaram os repórteres a investigar cada vez mais, até descobrir uma vasta e global conspiração que envolveria a alta cúpula dos governos dos Estados Unidos e da ex Urss. Aparentemente, a partir de 1950 , os cientistas das duas potências teriam chegado a conclusão de que a Terra devido as ações humanas , estaria a caminho de uma inevitável catástrofe envolvendo o clima e o meio ambiente .isso resultaria na extinção certa de quase todas as formas de vida conhecidas , inclusive a própria humanidade .

Assim os dois governos ,em conjunto .teriam somente três opções ou alternativas para planejar e colocar em pratica : Alternativa 1 –Reduzir drasticamente a população do planeta Terra a níveis considerados seguros .Alternativa 2- Construir imensas bases subterrâneas para abrigar o governo , militares e cientistas até que as crises estivessem estabilizadas .Alternativa 3 – Estabelecer uma colônia humana com as melhores e mais brilhantes representantes da raça ,de preferência na Lua ou no planeta Marte.

A Suposta realidade inevitável crise teria incitado os governos dos dois países a colaborarem para em conjunto ,transformar Alternativa 3 em realidade .Com entrevistas de supostos astronautas e cientistas ,o documentário da Anglia exibia evidencias de que EUA e URSS trabalhando com uma equipe, teriam chegado a Marte em 1961 e que o programa espacial APOLLO tinha sido somente um chamariz publicitário para esconder o verdadeiro propósito dos numerosos lançamentos de foguetes pela Nasa .

Em 1957 efetuou-se um congresso que reuniu algumas das melhores cabeças cientificas ainda vivas naquele tempo. Tais [pretensos cientistas] chegaram a conclusão que logo após o ano 2000, o planeta se auto–destruiria devido ao aumento da população e por causa da exploração e poluição do meio ambiente, e isso se daria sem a intervenção dos extraterrestres e muito menos por causa de uma intervenção divina. “

“Por meio de uma ordem executiva secreta,o presidente David Eisenhower teria encomendado aos Jason Scholars [ou sociedade Jason] que estudassem a perspectiva de tais cientistas e elaborassem recomendações em cima das conclusões desses pretensos homens da ciência.

Os Jason Scholars também elaboraram três saídas ou condutas a serem postas em prática, as chamadas Alternativas 1,2 e 3. c) “Alternativa 2” consistia em construir uma vasta rede de cidades subterrâneas ligadas por túneis, onde uma representação selecionada de cada cultura, com suas ocupações mais refinadas sobreviveria. Estas representações dariam continuidade ao gênero humano.

d) “Alternativa 3” pretendeu explorar a tecnologia dos extraterrestres hóspedes recentes dos Estados Unidos. Uns poucos homens bem escolhidos deixariam a Terra e estabeleceriam colônias no espaço exterior.

e) Todas as três alternativas, naturalmente incluíam o controle da natalidade, a esterilização de mulheres e homens, e a introdução de germes mortais; tudo isso para controlar o crescimento populacional da Terra, ou ao menos torna-lo mais lento.

ALTERNATIVA 3 É O PROGRAMA DE TV MAIS PERIGOSO QUE JÁ EXISTIU?

PAULO COELHO MOSTRA SEU ABRIGO SUBTERRÂNEO EM GENEBRA

Em junho de 1977 no Reino Unido foi abalado pelo programa de televisão ao ar tão controverso que foi ao ar uma vez, e apenas uma vez antes de ser proibido e de nunca ser mostrado novamente no Reino Unido. O show foi, então, mostrado na Austrália, onde na recepção foi solicitada uma segunda lei que passou a proibir a sua exibição novamente. Finalmente, o programa foi escolhido pela NBC nos Estados Unidos, e rejeitaram por “Normas e Práticas”, o departamento que é responsável pela moral, implicações legais e éticas dos shows transmitidos.

 Na época de Normas e Práticas rejeitado Alternativa 3 na base que o show era muito perigoso para ser exibido na televisão da rede mainline e, ainda, que teria representado um grande risco para a rede. Desde que ponto o programa tem vivido na infâmia e tem sido a fonte de um grande debate fervoroso sobre a sua legitimidade e as ramificações do próprio programa. O programa é chamado Science Relatório: Alternativa 3, é o programa de televisão mais perigoso do mundo.

Há um outro corolário fascinante a história Alternativa 3.

No momento, após a transmissão inicial dos indivíduos envolvidos participaram na escrita de um livro de mesmo nome, um livro que hoje é muito raro que busca para cima de US $ 100 por cópia de um livro bom estado. Para escrever o livro a equipe encontrou Leslie Watkins, um escritor experiente, que veio rapidamente e produziu um livro que pretendia expandir as três alternativas com mais detalhes.

Nos anos após o livro foi lançado Leslie Watkins afirma que ele inadvertidamente tropeçou na verdade e aponta para um livro que ele estava no processo de escrita chamado “Backlash a Alternativa 3”, em que ele estava indo para ir em mais detalhes sobre o assunto, quando todos os seus materiais de origem e as provas coletadas foram perdidos durante a passagem de Inglaterra para a Austrália.

DOCUMENTÁRIO ALTERNATIVA 3

Desde a década de 1950 os astrônomos rastrearam o movimento de luzes em toda a superfície da Lua, estes avistamentos são catalogados, monitorado e na maior parte estão disponíveis de forma pública, simplesmente procurando TLP ou “transitórios Fenômenos Lunares”.

Estes movimentos aparentemente anômalos foram atribuídos a “saída de gás,” greves de meteoritos e as condições atmosféricas que impedem a observação favorável, mas não houve nenhuma causa definitiva e as aparições continuam existindo. Seu também muito interessante que as observações mais modernos começou na década de 1950, que é ao mesmo tempo, como uma onda de interesse lavado sobre os Estados Unidos eo mundo sobre OVNIs. Isso levou alguns pesquisadores, e John Lear falou sobre isso em comprimento, a acreditar estes incidentes TLP representam operações de mineração na lua. A maioria mineração de titânio provavelmente, o hélio 3 ou ferro tudo o que poderia ser usado para criar eo poder de uma instalação do outro lado da lua.

Vimos também uma grande quantidade de detritos que foi descoberto na Lua, em parte graças a uma pesquisa pioneira por Richard C. Hoagland e Mike Bara. Eles descobriram objectos, tais como “O Shard” – uma estrutura de 3 milhas de altura elevando-se sobre a lua, a cidade que parece ser uma paisagem geometricamente planejado arruinada entre outras coisas. Estas descobertas parecem indicar uma habitação antes da lua, mas também pode ser aproveitado para construir uma nova fábrica lá e, mais importante, com o curso de alimentação de hélio 3 um ponto pisar em Marte. O destino final.

Então agora é preciso olhar para Marte, o planeta vermelho da legenda. Um planeta misterioso que parece ser o destino final do projeto Alternativa 3. A evidência de estruturas em Marte é numerosa e agradece novamente a pesquisa de Hoagland uma linha muito bem documentado de pesquisa. Mas muito do que ele descobriu através dos anos parece ser ruínas de um antigo assentamento ou melhor assentamentos. O que precisamos é evidência de construções recentes e atividade. E para isso temos de olhar mais longe, em seguida, “O Mecanismo de” como eu lhe chamo. Uma estrutura que não apresenta desgaste ou danos, e uma estrutura que é suave e completamente fora do lugar.

É minha opinião que esta instalação é parte de um acordo mais moderno, e eu também argumentam que se a linha de Hoagland da pesquisa é preciso existe a possibilidade de elementos (como túneis, estruturas, etc.) Ele também teorizou que a lua de Marte Phobos é realmente oco e serve como uma espécie de estação espacial pendurado acima de Marte, que também faria sentido.Mas, como com muitas coisas na Alternativa 3 estamos lidando com camuflagem, bem como subversão tão plenamente suss esta teoria mais pesquisa deve ser feito e Richard Hoagland, bem como Mike Bara estão fazendo exatamente isso.

Então, nós estabelecemos, acredito, um bom caso para o artesanato, bem como a base lunar potencialmente necessários para um programa a longo prazo a migração, bem como atividade moderna em Marte. Mas agora temos de abordar uma outra faceta do cenário 3 Alternativa, o povo.

Tal como descrito no Alternativa 3 existe uma necessidade óbvia para os técnicos especializados, cientistas como também trabalhadores. Livros inteiros podem ser escritos sobre cientistas desaparecidos de todas as capacidades, biólogos, geneticistas, físicos ea lista continua. Há também uma contagem de corpos impressionante relacionado a este bem, e, possivelmente causada pela noção de execução de pessoas que foram lidos no projeto, mas não conseguiu fazer a viagem.Esta seria uma ferramenta viável para encobrir tal programa, e mais importante nos ajudar a traçar as empresas envolvidas no projeto.

 Um caso ilustrativo é o grande número de mortes associadas a Marconi foram entre 1980 e 1992, 25 altos cientistas treinados foram assassinados ou cometeram suicídio muitos dos quais estavam trabalhando na iniciativa SDI. Portanto, há uma contagem de corpos, mas mais importante um cluster em torno da Corporação Marconi. Isto poderia ser um indicativo da participação de Marconi no projeto. 


Outro elemento é o conceito de remessas de lote ou, basicamente, as pessoas transportadas para estas instalações worldy outros para uso como trabalhadores escravos. Ao olhar para este tecido conjuntivo precisamos apenas olhar para o número de desaparecimentos nos Estados Unidos apenas como uma fonte para obtenção fácil do trabalho.

 Por exemplo a cada ano quase 800.000 crianças desaparecem, agora esse número pode ser dividido com várias centenas de milhar de ser seqüestrado por membros da família ou violência aleatória, mas o que foi dito ainda estamos procurando conservadora menos 500.000 crianças por ano em falta.Isso é apenas crianças, não incluindo adultos e que é somente os Estados Unidos. Se olharmos para o mundo menos desenvolvido, aldeias inteiras podiam ser arrancadas sem aviso perceptível. E lá se encontra a fonte de seu trabalho braçal, pessoas como você e eu peguei na rua e transportado para outro lugar ou planeta que seja.

Há também um outro dado interessante para explorar. No livro “Milabs”, publicado há muitos anos pelo Dr. Helmut Lemmar ele esboçou raptos de chumbo militares que simulou o cenário de abdução alienígena. Aquele casal com a investigação sobre a natureza do seqüestro mostram que com o uso de ondas magnéticas, um indivíduo pode ser induzido a acreditar que ele ou ela tenha sido seqüestrada. Mesmo autor notável Whitley Strieber discutiu uma experiência de abdução foram os seres humanos estavam a ajudar os estrangeiros durante seu seqüestro.

Agora que não quer dizer que a abdução alienígena não é real. Do silêncio ao contrário, creio que para mim um fenômeno verdadeiro e real, mas ao mesmo tempo que mostra que elementos da inteligência e que os militares são capazes de “sequestrar” as pessoas sem motivo conhecido.

Minha única entrada para sugerir algum subconjunto desses seqüestros foram feitos com Alternativa 3 em mente. Mesmo que apenas 1% das abduções são os militares que nos deixa todos coçando a cabeça sobre o motivo, a menos que naturalmente você fator na Alternativa 3. Com o advento da Alternativa 3 como um princípio orientador Acho que podemos trazer um grande elemento de clareza sobre o assunto 2012, e se preparar para o futuro.

Fonte:
http://rodrigoenok.blogspot.com.br/2012/04/tudo-o-que-sabemos-sobre-2012-e-o.html

Publicado em Cuidado | Deixe um comentário

3º Guerra Mundial a caminho? Jornal diz que EUA preparam ataque a instalações nucleares no Irã



O conselheiro de segurança dos Estados Unidos Tom Donilon informou o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, sobre um plano do país de atacar preventivamente instalações nucleares iranianas, informa o jornal Haaretz.

Donilon, conselheiro do presidente americano Barack Obama, se reuniu em Washington com Netanyahu há duas semanas durante um jantar de três horas, afirma o jornal.

“Donilon deu a entender que os Estados Unidos se preparavam seriamente para a possibilidade das negociações (com Teerã sobre o polêmico programa nuclear) chegarem a um beco sem saída, e que uma opção militar seria então necessária”, completa o Haaretz.

Uma fonte do governo israelense afirmou que não comenta o que é discutido em reuniões diplomáticas a portas fechadas. “Mas o artigo está repleto de erros factuais”.

Fontes:
http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI6029330-EI8141,00-Jornal+diz+que+EUA+preparam+ataque+a+instalacoes+nucleares+no+Ira.html 

http://www.revelacaofinal.com/2012/07/jornal-diz-que-eua-preparam-ataque.html

Publicado em 3ª Guerra Mundial | Deixe um comentário

Roger Federer: Símbolo Illuminatis


Roger Federer usa uma camiseta com a pirâmide Illuminati com o “olho que tudo vê” no topo. Ao lado uma carta do jogo INWO de 1995, chamada “Tenis Star”.

Será que ele têm idéia do que significa essa simbologia? Talvez tenha sido obrigado a usá-la devido à contrato com patrocinador, a Nike ou Adidas. E aí teríamos uma amostra de um dos pilares do poder Illuminati no mundo, as corporações.

Roger Federer é o Nº 1 do ranking que contém as 20 maiores remunerações anuais do esporte. O suíço recebe US$ 54 milhões (cerca de R$ 104 milhões), incluindo salários, patrocínio, bônus e direitos de imagem. É claro que todas as grandes estrelas do entretenimento, sejam artistas ou esportistas, em algum momento serão forçados a ostentar não só as marcas que os bancam, como também os símbolos das ideologias ocultas a que “pertencem” como objetos. Alguns o fazem conscientemente, outros, mais ou menos conscientes, outros inconscientemente. No caso de atrizes adolescentes fotografadas com o cabelo cobrindo um olho, acho que nem notam. Mas estampar uma camiseta com um desenho tão estranho, para alguém que sempre é tão discreto, é estranho.

Fontes:
http://caminhoalternativo.wordpress.com/2012/07/29/roger-federer-simbolo-illuminati/

http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-olimp%C3%ADadas-de-londres-roger-federer-s%C3%ADmbolo-illuminati

Publicado em Simbologia Ocultista | Deixe um comentário

Colunista afirma que “bênção evangélica” ajuda a Rede Globo a impulsionar a causa gay

Colunista afirma que “bênção evangélica” ajuda a Rede Globo a impulsionar a causa gay

O colunista cristão Paulo Teixeira publicou um artigo em sua coluna no Gospel+ criticando a postura da Rede Globo em ressaltar que os “evangélicos gays” são discriminados dentro da igreja evangélica.
O colunista comenta sobre a tentativa de aproximação da emissora com o público evangélico, através de amplas coberturas das Marchas Para Jesus e da transmissão do Festival Troféu Promessas. De acordo com Teixeira essa aproximação é uma tentativa da Globo, que estaria “de olho no crescimento evangélico” em “lograr êxito mercadológico com esse público”.
Em seu artigo Paulo Teixeira critica líderes também evangélicos que, segundo ele, adotaram a incumbência de “des-satanizar a Globo à comunidade evangélica”. Nessa crítica ele cita o pastor Silas Malafaia e o deputado federal Arolde de Oliveira (PSD), dono da Rádio 93, FM evangélica do Rio.
De acordo com Teixeira, depois de ter conquistado tal público e tendo as críticas a si neutralizadas entre os evangélicos a emissora começou a externar suas ideologias, até agora represadas, a favor da agenda gay, mostrando um casamento entre lésbicas que se declararam evangélicas e entrevista com o pastor gay Alexandre Zambom, pelo apresentado Jô Soares.
– Existem inúmeras celebridades do mundo secular que defendem a causa gay, mas a Globo está priorizando dar voz aos ‘evangélicos’ gays – ressalta o colunista.
O colunista diz ainda que é necessário que os líderes evangélicos, principalmente os que ajudaram a impulsionar a emissora diante do público evangélicos se manifestem contra o posicionamento da emissora de utilizar a imagem de supostos evangélicos para apoiar a agenda gay.
– Os executivos globais já descobriram que podem morder e pisar na mensagem bíblica, à vontade, pois sabem que qualquer ato reacionário será logo aplacado com o oferecimento de mais um Festival Promessas ou a cobertura jornalística de alguns eventos evangélicos – conclui Teixeira.
Redação Gospel+
Publicado em Cuidado | Deixe um comentário

2012 – Hollywood Destrói o Mundo

2012 - Hollywood Destrói o Mundo - Estudo Biblico | Midia Gospel


        “Em toda a história, nunca uma data foi tão significativa para tantas culturas e religiões, tantos cientistas e governos. Um cataclisma global ocasiona o fim do mundo”. O dia é 21 de dezembro de 2012, data em que o calendário maia prediz que ocorrerá o final dos tempos, um evento dramatizado no filme “2012”, feito em Hollywood pelo diretor Roland Emmerich e lançado em novembro. O filme apresenta efeitos visuais fantásticos do cataclisma abatendo-se sobre a terra, mostrando o desabamento das construções mais destacadas do mundo – a Basílica de São Pedro em Roma, os arranha-céus de Nova Iorque, a estátua do Cristo Redentor no Rio – à medida que meteoros e inundações destroem a terra. O trailer começa com a pergunta:“Como os governos de nosso planeta conseguiriam preparar seis bilhões de pessoas para o fim do mundo?” Logo aparece a resposta: “Não conseguiriam”. De acordo com o filme“2012”, a Terra se fenderá ao meio, cumprindo uma antiga profecia.
         A profecia em questão vem da antiga civilização maia na América Central, que produziu o famoso Calendário Maia. Os maias foram os únicos habitantes nativos das Américas a desenvolverem uma linguagem escrita. Eles também obtiveram progresso notável nas artes, na arquitetura, na matemática e na astronomia, chegando ao auge de seu desenvolvimento durante o período de 250 d.C. a 900 d.C. Por volta de 1200 d.C., a sociedade deles sofreu um colapso, por razões que podemos apenas supor. Quando os conquistadores espanhóis chegaram, os maias ainda ocupavam a região, e ainda falavam a língua maia, mas já não tinham conhecimento de muitas coisas que seus antepassados haviam criado.
         Diego de Landa foi um padre católico-romano que visitou o México em 1561 e é tido como infame por ter destruído documentos e artefatos maias de valor incalculável. Embora Landa estivesse muito interessado na cultura maia, ele abominava determinados aspectos de suas práticas, particularmente os sacrifícios humanos. Em julho de 1562, quando evidências de sacrifícios humanos foram encontradas em uma caverna que continha estátuas sagradas dos maias, Landa ordenou a destruição de cinco mil ídolos. Ele decidiu que os livros dos maias também eram obra do Diabo e certificou-se de que fossem queimados, tendo restado apenas três livros. Conseqüentemente, foi perdida a maior parte do conhecimento e da história dos maias.
         O livro mais importante dentre os que restaram é o chamado Códice de Dresden, que recebeu esse nome devido à cidade na Alemanha onde ficou depositado. É um livro estranho, escrito em hieróglifos, que ninguém foi capaz de entender até 1880. Nessa época, Ernst Forstemann, um estudioso alemão que trabalhava na mesma biblioteca em Dresden, conseguiu decifrar o códice do calendário maia. Ele descobriu que o códice continha tabelas astronômicas detalhadas, com cálculos indicando que o ano tinha 365,242 dias, e usava tabelas para predizer os solstícios e os equinócios, as órbitas dos planetas em nosso sistema solar e outros fenômenos celestiais.
         Os maias haviam desenvolvido uma maneira extraordinariamente complexa (e muito precisa) de medir a passagem do tempo, que girava em torno de ciclos de 52 anos. No final de cada ciclo, eram realizadas cerimônias religiosas nas quais os sacerdotes executavam um sacrifício humano no topo de um vulcão extinto conhecido hoje como a Colina da Estrela, local situado em Iztapalapa, no México. O propósito era apaziguar os deuses para que eles não destruíssem o mundo com o final do ciclo. Os maias aguardavam pelo sinal que anunciaria a continuidade do mundo por outros 52 anos, que era a passagem da constelação de Plêiades pelo centro dos céus.
         Os maias também possuíam um outro calendário, conhecido como o de “Contagem Longa”. O funcionamento dele é bastante complexo e vai além do escopo deste artigo. Na internet há informações em “Contagem Longa” na Wikipedia. A atual Contagem Longa teve início em 3114 a.C. Na mitologia maia, cada ciclo de Contagem Longa é uma era mundial na qual os deuses tentam criar criaturas piedosas e subservientes. A Primeira Era começou com a criação da Terra, que tinha sobre si vegetação e seres vivos. Infelizmente, como eles não possuíam a habilidade da fala, os pássaros e os animais eram incapazes de prestar honra aos deuses e foram destruídos. Na Segunda Era e na Terceira Era, os deuses criaram os humanos do barro e depois da madeira, mas estes também fracassaram em agradar os deuses e foram aniquilados. Estamos atualmente na Quarta Era, que é a Era Final, a era do ser humano moderno, completamente funcional.
         A visão popular apresentada no filme de Roland Emmerich é que a presente era termina em 21 de dezembro de 2012. E o que vem depois? A interpretação dele é que o mundo acaba em fogo e em inundação.
         Os eruditos questionam isso. Susan Milbrath, curadora de Arte e Arqueologia Latinoamericana do Museu de História Natural da Flórida, declarou:


“Nós (a comunidade arqueológica) não temos nenhum registro nem conhecimento de que os maias pensassem que o mundo chegaria ao fim em 2012. Interpretar o dia 21 de dezembro de 2012 como o evento do juízo final é uma invencionice completa e uma oportunidade de ganhar dinheiro para muitas pessoas”.


        Algumas visões de espiritualidade alternativa baseadas no misticismo da Nova Era e na astrologia vêem a data como sendo um acontecimentos positivo em vez de ser o dia do juízo final: seria a transição da “Era de Peixes, violenta e escura” (i.e., esta era) para a Era de Aquário, “um milênio de amor e luz”.
        Para ficar claro: eu não atribuiria nenhum significado à data de 21 de dezembro de 2012. Contudo, embora aceitando as objeções acadêmicas às interpretações populares sobre a cultura maia e deixando o misticismo da Nova Era de lado, o próprio fato de que o filme está sendo feito já diz algo sobre o mundo em que vivemos. As pessoas estão conscientes da possibilidade de que calamidades venham a se abater sobre nós – e Hollywood pegou essa deixa com uma série de filmes sobre catástrofes que estão para ser lançados. The Wall Street Journal, de 31 de julho de 2009, publicou um artigo intitulado “Hollywood Destrói o Mundo”, que dizia:
         Uma enxurrada de histórias pós-apocalípticas segue agora em direção às telas de cinemas e de TV. O diretor Roland Emmerich já quase destruiu o mundo por três vezes. Desta vez ele tem a intenção de terminar o trabalho. Em seu filme “2012”, a terra se fende ao meio, cumprindo uma antiga profecia.
         O artigo prossegue listando uma série de filmes que estão para ser lançados, sobre uma futura calamidade que destruirá a civilização e como um punhado de pessoas sobram e lutam em um mundo em ruínas buscando sobreviver: The Book of Eli [O Livro de Eli], Day One [O Primeiro Dia], The Colony [A Colônia], e The Road [A Estrada]. Ao apresentar motivos para isso, o artigo diz:
         A maioria dos autores dessas histórias diz que está reagindo à ansiedade a respeito de ameaças reais em tempos incertos: os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, duas guerras dos EUA em países estrangeiros, pandemias múltiplas, uma crise financeira global e nova atenção a perigos ambientais. Roland Emmerich afirma: “Ando realmente muito pessimista atualmente”.
         Logicamente que não é apenas em Hollywood que as pessoas estão falando sobre um cataclisma que está por vir, ou para destruir o mundo, ou para reformá-lo de forma a ficar irreconhecível. Os noticiários sobre Israel têm apresentado referências à Guerra de Gogue e Magogue, a profecia bíblica encontrada em Ezequiel 38-39 sobre a batalha dos últimos dias, na qual Deus resgatará Israel de uma invasão de nações hostis. Alguns israelenses acreditam que chegou a hora de construírem o Terceiro Templo, profetizado como algo que acontecerá nos “últimos dias” da história. O aiatolá Khamenei, do Irã, conclamou as nações muçulmanas ao redor do mundo para se unirem militarmente em resposta à iminente vinda do salvador messiânico do islã – o Mahdi. Os líderes muçulmanos radicais do Irã acreditam que o Mahdi irá surgir no final da era, proporcionando aos muçulmanos a derrota de Israel e do Ocidente, e que ele governará sobre todo o mundo. Os ambientalistas radicais dizem que o dia do juízo final está chegando rapidamente por causa do aquecimento global. Cristãos evangélicos, como eu, crêem que os acontecimentos globais estão se alinhando exatamente como Jesus Cristo e os profetas bíblicos disseram que aconteceria nos “últimos dias”.

O perigo das versões de Hollywood sobre o fim do mundo

         Elas fazem com que as pessoas fiquem tão temerosas da calamidade vindoura que: (1) não vêem nenhuma saída, ou (2) tornam-se céticas com respeito à mensagem verdadeira das profecias bíblicas sobre os últimos dias. As versões múltiplas dos “cenários do fim do mundo” também significam que as pessoas podem colocar as profecias maias, os escritos de Nostradamus, ou as esperanças islâmicas com respeito ao Mahdi no mesmo nível que as profecias da Bíblia.
         Ao mesmo tempo, muitas pessoas estão despertando para o fato de que o mundo está realmente ameaçado de desastres vindos de múltiplas frentes – a propagação de armas de destruição em massa, a ameaça de colapso econômico, a dependência do sistema mundial com relação ao petróleo que se extinguirá, a questão ambiental, o conflito no Oriente Médio, a violência e a ilegalidade que se tornam cada vez mais abundantes, a ruptura da vida familiar e a insegurança que milhões estão enfrentando como resultado de tudo isso. Esses fatores levam as pessoas a questionarem:

“Será que o mundo assim como o conhecemos está chegando ao fim?”

         De acordo com as profecias bíblicas, está! Todos esses fatos, e outros mais, estão profetizados na Bíblia para acontecerem nos últimos dias desta era. Jesus disse que nos tempos finais, antes de Sua volta, haveria uma época de tamanha dificuldade que, se Deus não a tivesse abreviado, ninguém sobreviveria:

 
“Porque nesse tempo haverá grande tribulação, como desde o princípio do mundo até agora não tem havido e nem haverá jamais. Não tivessem aqueles dias sido abreviados, ninguém seria salvo; mas, por causa dos escolhidos, tais dias serão abreviados” (Mt 24.21-22).


         Uma série de profecias do Antigo Testamento enfoca o conflito em torno de Jerusalém (Jl 3; Zc 12-14), e Jesus disse:

 
“Cairão a fio de espada e serão levados cativos para todas as nações; e, até que os tempos dos gentios se completem, Jerusalém será pisada por eles. Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas; sobre a terra, angústia entre as nações em perplexidade [a palavra grega aqui é “aporia”, que significa “sem nenhuma saída”] por causa do bramido do mar e das ondas; haverá homens que desmaiarão de terror e pela expectativa das coisas que sobrevirão ao mundo; pois os poderes dos céus serão abalados. Então, se verá o Filho do Homem [i.e., Jesus] vindo numa nuvem, com poder e grande glória” (Lc 21.24-27).


         No livro do Apocalipse, lemos sobre uma série de desastres que atingirão a terra, o que se ajusta perfeitamente com os problemas do mundo atual. Guerras mundiais e fomes causam mortes em massa (Ap 6.1-8). Árvores e pastagens são queimadas, os peixes do mar morrem como se algo como uma grande montanha fosse atirada ao mar (asteróide?), e águas doces se tornam impróprias para beber (Ap 8.7-11). Surge um regime ditatorial que força as pessoas a aceitarem uma marca e um número (666), sem os quais nada se pode comprar ou vender (Ap 13). Rios secam e as pessoas são afligidas com grande calor (Ap 16). A batalha final do Armagedon reúne os exércitos do mundo em Israel e fecha esta era com o retorno físico do Senhor Jesus Cristo à terra (Ap 16.16; Ap 19.11-21).
         A Bíblia também nos dá grande esperança por causa da Segunda Vinda física do Senhor Jesus Cristo e do livramento de todos os que O recebem como Salvador e Senhor. O cinema-desastre termina sem nenhum sobrevivente, ou com um punhado de sobreviventes se debatendo em um planeta que está para morrer. Na Bíblia, os acontecimentos catastróficos dos últimos dias serão seguidos pelo retorno físico do Senhor Jesus com todos aqueles que colocaram sua confiança nEle. Os sobreviventes da Tribulação que aceitarem Jesus como Salvador viverão em uma terra restaurada durante 1000 anos (o Milênio), em cujo tempo Satanás será amarrado e incapaz de enganar as nações (Ap 20), haverá paz em todo o mundo (Is 2.1-4) e harmonia no mundo natural (Is 11). Este será o prelúdio para a eternidade, quando Deus criará novos céus e nova terra nos quais a justiça habitará (2 Pe 3.13).
         O primeiro estágio nesse processo ocorrerá quando o Senhor vier e levar para estarem com Ele todos aqueles que crêem nEle. Não podemos saber exatamente quando isso acontecerá, mas precisamos estar prontos. Jesus disse: 


“Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai” (Mt 24.36).
 
        Paulo escreveu sobre o que acontecerá:
 
“Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor” (1 Ts 4.16-17).


         Esse acontecimento ocorrerá “como um ladrão de noite” (1 Ts 5.2), o que significa que acontecerá inesperadamente, sem aviso. Portanto, precisamos nos arrepender (afastar-nos) dos nossos pecados e aceitar Jesus como Salvador e Senhor de nossa vida. Se quiser ser salvo do julgamento de Deus, você deve confiar no Senhor Jesus, que morreu como sacrifício pelos nossos pecados e ressuscitou dentre os mortos para nos dar vida eterna:

 
“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3.16).



Autor: Tony Pearce


Publicado em Cuidado | Deixe um comentário

2012 Abrigos Subterrâneos no Brasil – Anúncio FEMA

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário